Abricó Restaurante

13 restaurantes que você precisa conhecer em São Sebastião

Posted By : Redação/ 807 0

Vai para o Litoral Norte e adora provar a culinária local? Então confira essas dicas de 13 restaurantes que você precisa conhecer em São Sebastião.

São Sebastião possui belezas naturais e pontos turísticos que atraem turistas durante o ano todo. Porém, entre um atrativo e outro, o turista pode aproveitar os diversos restaurantes espalhados pela cidade, as opções são diversas, agradando a todos os gostos e paladares.

Veja agora os principais restaurantes que você precisa conhecer em São Sebastião.

Kanaloa

Restaurante localizado em frente à praia, sendo uma das melhores opções para quem está passando o dia na areia. Além disso, também oferece serviço de praia, como o aluguel de alguns itens essenciais.

O cardápio é bem variado, conta com diferentes tipos de frutos do mar, vários  pratos e lanches rápidos. Os drinks também são uma das especialidades da casa, como os shows ao vivo.

Restaurante Pessegueiro

Restaurante bastante conhecido em Maresias. O Pessegueiro possui um ambiente bem aconchegante e familiar. Seu cardápio é variado, com muitas especialidades ligadas a frutos do Mar.

Na alta temporada, quando as casas de veraneio estão lotadas, o restaurante ainda possui o serviço de tele-entrega.

Abricó

Com funcionamento desde 2013, o restaurante serve  diferentes pratos e lanches sofisticados com toques mais gourmet, sendo um dos melhores lugares para comer sobremesa da região.

Badauê

Outra grande opção de restaurante de São Sebastião. De frente para o mar, Badauê serve  pratos diferenciados, lanches, pizzas e drinks deliciosos. Seu ambiente é descontraído, perfeito para grupos de amigos e famílias.

Também possui serviço de praia, com aluguel de diversos itens e diversas comidas e bebidas servidas à beira-mar.

Mergellina

Restaurante de um verdadeiro chefe italiano, com um cardápio totalmente inspirado da gastronomia europeia, mais precisamente Nápoles. O cliente possui, à disposição no cardápio, muita opção de comida caseira e sofisticada, como massas e outras especialidades italianas, totalmente preparadas artesanalmente.

Uma das melhores opções para uma jantar bem diferenciado em São Sebastião.

Terral Restaurante

Podemos dizer que é o restaurante mais tradicional de Maresias, possui um clima totalmente de praia, bem simples, porém aconchegante e agradável. Sua decoração é feita em bambu e oferece um cardápio bem variado com frutos do mar e sobremesas saborosas.

Dadinho Restaurante

Um ambiente colorido e caseiro, formando um ambiente perfeito para provar o famoso prato feito do Dadinho. Este é um dos locais com melhores opções de valores, sem pecar na qualidade.

Podemos ver que as opções são diversas e de qualidade, aproveite a sua viagem a São Sebastião para conhecer estes incríveis restaurantes e sua culinária de dar água na boca.

O Alemão

Restaurante há  mais de 15 anos na beira da praia, oferecendo serviços de aluguel, almoço, lanches e jantar. Tudo bem simples, porém gostoso e perfeito para quem quer passar o dia inteiro curtindo na areia.

Canoa Bistrô

Localizado à  frente do Rio Uma, um bistrô especializado em frutos do mar e comida japonesa.

Athenas

Restaurante grego em São Sebastião, ambiente aconchegante e requintado, seu principal prato é a salada Horiatiki.

Restaurante do Pascoal

O restaurante serve pratos variados, seu diferencial são as porções, mesmo com valores elevados, seus pratos servem de duas a três pessoas.

Outro diferencial do restaurante é o seu espaço kids, com diversos brinquedos para divertir a criançada.

Bistrô  Juquehy

Ambiente bem rústico, com diferentes plantas na decoração, no almoço serve um Buffet bem variado e à noite há  pratos à la carte de qualidade.

Azul Marinho

Restaurante especializado em frutos do mar, bem sofisticado e com vista para o mar.

Todos os visitantes estão bem servidos de opções gastronômicas. As opções de restaurantes em São Sebastião são muitas, desde os mais sofisticados até os mais simples, porém com  qualidade.

São Sebastião

Precisa de opções baratas de pousadas? Conheça 8 pousadas de São Sebastião que se encaixam no seu bolso

Posted By : Redação/ 774 0

São Sebastião se destaca não apenas pelas belezas naturais, mas também pelos preços mais do que convidativos das pousadas ao longo do litoral.

Fazer turismo fica ainda melhor quando não precisamos pagar o “olho da cara” nas hospedagens e refeições durante a viagem. Algumas cidades oferecem estruturas e opções para que passemos ótimos dias de férias sem nos preocuparmos, constantemente, com o saldo no banco. São Sebastião, definitivamente, é uma dessas.

Foi-se o tempo em que precisávamos deixar de viajar por conta da falta de grana. Agora, com a ajuda da internet, ficou muito mais fácil encontrar opções baratas para economizar durante as viagens. E como a hospedagem geralmente é o item que sai mais caro, se você está planejando ir para o Litoral Norte, chegou ao artigo certo!

Confira uma lista com oito pousadas de São Sebastião que darão um ótimo desafogo à sua carteira, possibilitando que uma boa economia acabe em tantas outras experiências ou presentes.

Pousada North Shore

Não se assuste ao olhar as fotos dessa pousada localizada a apenas uma quadra de distância da praia de Maresias. É  bem possível que você vislumbre um valor mais alto do que eles realmente cobram. Vale ressaltar que há sim algumas acomodações um pouco mais pesadas, mas os preços mais baixos podem entrar no orçamento de qualquer veranista,  a fim  de passar alguns dias no coração de São Sebastião.

Surfers Villa Maremotta

Uma dica que não poderia ficar de fora da nossa lista de pousadas de São Sebastião. Ótima  opção para aqueles que vão em busca de uma bela sessão de surfe durante o dia, sem deixar de fazer amizades para começar a noite em alto estilo, também em Maresias. Com um ambiente semelhante aos de hotéis, é ótimo para finais de semana, mas é bom se precaver e realizar as reservas com alguma antecedência.

Pousada Baobá

Mais de 20 quartos para agradar aqueles que anseiam por uma agradável noite em Juquehy. Os preços das acomodações flutuam pouco e a estrutura oferecida, toda em estilo rústico, é daqueles que fazem você desejar ficar por mais tempo do que o previsto.

Pousada Marambaia

Boiçucanga é um ótimo meio termo entre agito\descanso tão característicos em São Sebastião. A Pousada Marambaia oferece tudo aquilo que é necessário para dias perfeitos no hotel e na praia, sem falar na piscina e no espaço externo, aconchegante ao extremo.

Chalé Bamboo

Paúba é uma praia menor do que as citadas até agora, até por isso, é possível encontrar hospedagens ainda mais baratas do que o usual. O Chalé Bamboo é mais voltado para os grupos ou casais que mais se preocupam em curtir as praias e bairros do que a própria estrutura do hotel, que é bem básica, apesar de completa.

Pousada Armação de Camburi

Camburi não vai ficar de fora de seu itinerário de viagem, vai? Com certeza não, principalmente se fizer uma rápida pesquisa sobre a pousada Armação de Camburi, com hidromassagem, bar integrado a piscina e tantas outras atrações, tudo isso por valores bem interessantes.

Camburi Hostel

Esqueça qualquer experiência mais ou menos que você pode ter tido em algum hostel. A hospedagem no Camburi Hostel é tranquila e o espaço muito bem equipado, com diárias que condizem com a intenção de passar férias econômicas, sem perder nada em divertimento.

Pousada Aroeira

Finalizamos nossa lista com 8 hotéis e pousadas em São Sebastião com preços que cabem em seu bolso e uma ótima recomendação em Barra do Sahy: mais um ponto de fuga irretocável em uma  das paradisíacas praias do Litoral Norte paulista. Com um café da manhã exemplar e localização melhor ainda, é escolha certa para todos os tipos de viajantes.

Esperamos que você tenha gostado dessas dicas de pousadas de São Sebastião. Agora é só reunir os amigos e curtir!

Turismo São Sebastião

Você prefere baladas ou sossego? Conheça opções nas praias de São Sebastião para todos os gostos

Posted By : Redação/ 840 0

A cidade mais eclética do litoral paulista é o típico destino ideal no verão, com ótimas opções para os festeiros e também aos mais sossegados. Confira os melhores points de São Sebastião agora mesmo.

Fale a verdade, se você vive em São Paulo há algum tempo, deve ter passado um ou outro momento marcante no litoral norte do Estado, com uma boa turma de amigos, com o amor da sua vida, com os filhos, o cachorro… A combinação praia, sossego, esportes, natureza, festas, tudo isso chama demais a atenção, mesmo daqueles que têm grandes dificuldades em arredar o pé de casa.

São Sebastião é uma das Estâncias Balneárias mais famosas do  País e, pode acreditar, não por acaso, a quantidade de atrações por m² é algo notável. Para comprovar isso, aqui vai um embate entre as opções “baladeiras”, aos mais agitados, e as praias paradisíacas, para os que não buscam muito mais do que sombra e água fresca.

Até o nascer do sol

A referência máxima na noite de São Sebastião é Maresias, indubitavelmente. Com uma estrutura turística bem desenvolvida, é o ponto ideal para grupos de amigos procurando por uma boa e velha farra, que pode muito bem começar na praia, com um luau no parador, e acabar só de manhãzinha, quando o sol já apareceu, no deck do Sirena, clássica festa litorânea (atmosfera um tanto quanto cosmopolita, bem verdade).

Não pare por aí, Maresias é sim o spot dos turistas, mas São Sebastião tem muito mais para oferecer. Procurando por algum um bom reggae ou rock nacional, sem deixar o clima de festa de lado? O Banana´s, já na Praia Preta, uma das primeiras para quem vem do Litoral Sul, traz um clima verdadeiramente praiano, com mais acordes e menos batidas eletrônicas.

Em Cambury, o Galeão segue firme e forte para agraciar aqueles que não dispensam uma cadeirinha de vez em quando (bom chegar cedo) e uma cerveja bem gelada, enquanto uma boa “resenha” vai fazendo mágica com o tempo. Clássica nas praias do Litoral Norte, espere por uma diversidade no público sempre muito bem-vinda.

Bares espalhados pelas praias fecham muito bem o circuito turístico festivo de São Sebastião, sem falar no Centro Histórico da Cidade, que vira e mexe chega com ótimas novidades culturais e de lazer durante a temporada.

Até o pôr do sol

Se o seu planejamento for muito menos agitado, pode ir com a certeza de que você decidiu tirar férias no lugar certo. Com um carro, um guarda-sol e par de cadeirinhas de praia, é possível fazer milagres em São Sebastião.

Um mapinha no celular também vai muito bem, pulando de praia em praia sem perder tempo em entradas erradas. Nossa primeira parada pode ser a Praia da Barra do Sahy, paraíso de areia branca e mar com água turquesa, sem muita gente por perto, apenas o vento agradabilíssimo do litoral.

Paúba também pode figurar em sua lista, assim como a Praia de Santiago. Na primeira, não há trajeto pousada – praia, é abrir o portão e começar a tomar sol (não esqueça do filtro). Na segunda,  uma barraca de camping resolve todo o problema, já que sempre há espaço para mais um nos estabelecimentos locais.

Toque-Toque Grande, Calhetas, Guaecá, todas elas são ótimas opções de repouso total, de revitalização. Quer saber? A melhor forma de curtir São Sebastião é, por completo, aproveitar um pouco de tudo, sempre com responsabilidade e cuidado. Se souber dosar o ritmo, dá para voltar para casa com histórias dos dia e das noites, não é melhor assim?

Turismo São Sebastião

Conheça um pouco mais sobre a história de São Sebastião antes de ir

Posted By : Redação/ 518 0

A Estância Balneária de São Sebastião não é convidativa apenas por apresentar praias lindas, mas por todo o peso histórico que carrega.

Entender todo o contexto histórico e cultural dos locais que visitamos é mais do que parte de uma boa viagem de férias. Os cenários e os trejeitos daqueles que nos recepcionam tomam um outro aspecto, muito mais inventivo e interessante do que se chegássemos com mala e cuia sem interesse algum no que já aconteceu por ali. São Sebastião é raiz da cultura caiçara brasileira. Por  que não mergulhar nisso?

Isle de Saint Sebastien

Nada mais justo do que entendermos por que São Sebastião leva o nome do santo, não? Adivinhe qual foi o dia em que Américo Vespúcio e toda a sua expedição passou pela ilha de São Sebastião (ainda não era…), hoje em dia conhecida como Ilhabela, outro ponto turístico irretocável? Quem é mais ligado em assuntos religiosos, certamente soube responder: 20 de janeiro, dia dele mesmo, mais precisamente no ano de 1502.

Não cometeremos o engano de achar que a área foi descoberta pelo europeus, negativo, aqui nós respeitamos nossos ancestrais mais antigos. Os moradores da terra escondida pela Mata Atlântica virgem e pura eram os Tupinambás, mais ao norte; estima-se que perto de onde encontramos Maresias,atualmente, estavam os Tupiniquins, mais ao sul.

Povoamento

Depois que os portugueses chegaram, sabemos que as terras começaram a ser divididas através das Capitanias Hereditárias, para pequenos nobres “merecedores” como presentes territoriais na colônia do País. Tudo para tentar conter um pouco a ação de corsários e de outras nações no espaço português, além da necessidade de reanimar a economia dos patrícios, que não ia lá muito bem.

Dessa forma, São Sebastião ficou como responsabilidade de Pero Lopes de Souza,  que era conhecida como Capitania de Santo Amaro e foi declarada como a primeira cidade mais antiga do Litoral Norte. A atração pelo território era natural, não pela beleza natural das praias, mas pela funcionalidade delas na hora de carregar ou descarregar embarcações.

Caminho do Ouro

Fenômeno natural a tantas cidades litorâneas do País, São Sebastião passou a ganhar mais relevância e atrair mais moradores pelo “escoamento” natural do ouro, das minas diretamente para os portos. Na verdade, devemos deixar claro que o porto relevante mesmo naquela época era o de Paraty e São Sebastião funcionava como escala, como caminho para aqueles que vinham do sul.

Com o passar do tempo, já no século XVIII, a corrida pelo ouro foi perdendo fôlego, dando espaço aos que tinham como proposta grandes plantações, principalmente a de cana-de-açúcar. Durante todo esse tempo, podemos dizer que São Sebastião viveu períodos de prosperidade, depois de um passado pacato entre o descobrimento e o início do transporte da pedra dourada.

Vale também lembrar que, nesse momento, já chamávamos o território de Vila de São Sebastião. O tempo passou, assim como o ímpeto pela cana-de-açúcar (vivemos de ciclos, não?), e é a partir desse momento que a Vila perde um pouco do protagonismo. A produção de café, que passou a ser a “moda” no País, não era viável na região, por questões geográficas, políticas e, principalmente, econômicas.

Foi exatamente nesse meio tempo que as pequenas vilas de pescadores foram tomando corpo, como forma de sobrevivência alternativa, sem possibilidade ou intenção de lucro. A combinação entre bananas, grãos e peixes, clássico da culinária caiçara, nasce a partir desse contexto, de suas necessidades. Quando estiver por aqui, quem sabe não é recebido por alguma família para provar a especiaria.

Depois disso, a tranquilidade e a pouca agitação econômica e estrutural foram tomando conta do município, exatamente como deveria ser, com uma ou outra mudança legislativa.

Turismo

Separe um dia para andar, entre as ruas cercadas por casas coloniais do séc. XVII e XVIII, e desfrutar do  centro de São Sebastião, da Igreja Matriz, da Capela de São Gonçalo e da Cadeia Pública. Com o passar do tempo, São Sebastião aceitou a condição de Estação Balneária, para sorte de todos, e procura manter sua aura caiçara\indígena, promovendo turismo responsável e cuidando de sua herança cultural.

Maresias

O que fazer, onde comer e onde se hospedar na praia de maresias?

Posted By : Redação/ 538 0

A praia mais badalada do litoral norte conta com inúmeras hospedagens, restaurantes e atividades. Dê uma olhada no roteiro sobre o que fazer, onde comer e se hospedar na praia de Maresias agora mesmo.

Se você perguntar para qualquer pessoa com até 35 anos sobre Maresias, certamente terá uma resposta, mesmo que ela nunca tenha ido até o bairro da cidade de São Sebastião.

Aliás, mantenha isso sempre em mente: Maresias não se trata de uma cidade, como alguns podem sugerir, mas de um bairro que “fica”direto na praia, assim como Juquehy, Paúba e outras praias não tão conhecidas.

Inclusive, neste artigo você confere o que fazer, onde comer e se hospedar na praia de Maresias.

Maresias é o “pico” do litoral paulista, área quase que oficial para encontro de jovens de tudo quanto é lugar, mas principalmente da cidade de São Paulo e arredores, sem falar nos que vão direto do litoral sul ou do interior.

Para chegar lá com tudo bem organizado, acompanhe essa nossa pequena lista de indicações de como aproveitar a Praia de Maresias ao máximo.

O que fazer?

Desfrutar da praia. Pronto, esse é o primeiro tópico, aquele que você já esperava. Aproveite do seu jeito, seja surfando no Canto do Moreira (com um pouco de sorte, encontrará ondas com formações perfeitas), relaxando, tomando um sol ou uma caipirinha.

Se dispor de algum tempo, não deixe de conhecer as praias vizinhas, como a de Paúba, Toque-Toque Pequeno e Grande, Santiago e algumas outras, que trazem um clima menos badalado e agitado, mais resguardado, como verdadeiras praias escondidas pela Mata Atlântica, ou o que restou dela.

Bom, se falamos em Mata Atlântica, obrigatoriamente estamos falando de trilhas. A trilha do Paúba, que pode ser encontrada no lado esquerdo da faixa de areia de Maresias, é uma caminhada levemente desafiadora em um caminho por vezes íngreme, mas com uma recompensa mágica: a vista do alto para a própria praia de Maresias.

As cachoeiras do Ribeirão de Itu e do Guaecá podem ser encontradas no Parque Estadual da Serra do Mar, nenhuma delas de difícil acesso, mas há a obrigatoriedade de contar com um guia para realizar as incursões.

Por fim, o principal motivo que faz o bairro ser tão conhecido entre a juventude paulista: o Sirena. A festa particular ocorre periodicamente, sempre em um clima despojado e praiano, mas sem perder a intensidade dos clubes da capital. Nos finais de semana, com data marcada para a balada, o ambiente na região fica efervescido, como não poderia deixar de ser.

 Onde comer?

Comer é parte fundamental da viagem, sabemos muito bem disso. Em Maresias, você pode fugir um pouco do clichê de frutos do mar + praia e experimentar a cozinha italiana do Mergellina, escolha perfeita para  quem não quer errar de jeito nenhum.

O Badauê é bem indicado para aqueles que vão em turma e nunca conseguem se decidir em uma coisa só. Sushi, temaki e pizza são servidos no restaurante, assim como no Kanaloa, também pela região, facilitando a vida dos indecisos. Para quem não consegue ficar sem uma comidinha caseira, considere o Pessegueiro, com preços bem justos e variadas opções de pratos.

Onde se hospedar em Maresias

Não são duas ou três pousadinhas na área, são inúmeros hotéis e acomodações por todo o bairro, praticamente todos muito bem estruturados e preparados para receber hóspedes de todas as idades.

Para não ser injusto com nenhuma pousada, nesse caso, o mais válido é perguntar para aquele seu amigo ou amigo que já visitou a Praia de Maresias e ver se as características do local em que ficou batem com o que você espera de uma acomodação.

Uma rápida pesquisa também pode resolver o seu problema e, esteja seguro de que, em qualquer uma delas, não vai precisar percorrer mais do que 400m para colocar os pés na faixa de areia.

Agora que você já sabe o que fazer, onde comer e se hospedar na praia de Maresias, partiu para as melhores férias da vida…. Que tal?